Talvez você já tenha ouvido falar em Minitab. Afinal ele foi desenvolvido nos anos 70 e foi um dos primeiros softwares a ser criado especificamente para fins estatísticos. Quer saber mais sobre esse assunto? Então continue lendo esse post!

O Minitab é usado em empresas como um instrumento para trazer funções específicas, voltadas para o gerenciamento. Possui uma interface parecida com uma planilha do Excel, mas permite funções analíticas bem mais complexas que as do software da Microsoft.

Sua utilização normalmente é feita em conjunto com o Lean 6 Sigam, para aprimorar diversos processos de rotina. Além disso, está sendo utilizado na gestão de vários órgãos públicos e empresas privadas no mundo todo.

Minitab: quais são as vantagens?

O Minitab foi desenvolvido para simplificar a tomada de decisões, com base em análises e estudos estatísticos altamente complexos. Mas faz isso de forma mais acessível, ágil e organizada.

Por isso, esse software é um dos mais populares entre os setores de qualidade e melhoria contínua nas maiores companhias do mundo. Entre suas vantagens, podemos citar:

  • Torna o processo de gerenciamento de dados mais simples por meio da funcionalidade Project Manager. Basicamente, ela permite classificar as worksheets em ordem cronológica ou por título.
  • Permite calcular os intervalos de tolerância estatística para informações anômalas através de um conjunto variado de distribuições. Entre eles, o Lognormal, Weibull, exponencial, entre outros.
  • Oferece gráficos visuais a fim de aumentar a concepção de efeitos em experimentos, bem como respostas e fatoriais em geral.
  • Possibilita incluir comandos para aumentar as funcionalidades que já existem dentro do software. Dessa forma, o programa se adapta às necessidades de utilização de cada usuário.
  • Proporciona melhorias nas funcionalidade para Excel e Word através da importação de arquivos em extensões compatíveis. Por exemplo, formatos de tabelas que podem ser facilmente explorados e personalizados.
  • Oportuniza a execução de diversas relações entre variáveis, comparações e até cálculo de previsões para modelos mistos.
  • Propicia incluir um desvio de padrão em um processo específico ao usuário, ou seja, o histórico, baseado em cálculos precisos.

O Minitab também possui uma plataforma funcional simples e dinâmica que, mesmo parecendo com a do Excel, tem mais aplicações. Estas permitem maior aproveitamento, de várias formas, pelos estudos estatísticos.

Funcionalidades oferecidas pelo Minitab

Esse software possui um vasto conjunto de ferramentas que permitem realizar tarefas como:

  • Sistema de medição com MSA;
  • Controle de qualidade;
  • Planejamento de experimentos, como adaptação e configuração de várias alternativas de operação no sistema (DOE). Também permite realizar determinações mais lucrativas e produtivas;
  • Análise de confiabilidade e sobrevivência, como a avaliação da durabilidade de um novo produto. Por exemplo, com análise de distribuição e teste de vida acelerado;
  • Regressão e ANOVA, como as relações entre variáveis de um problema e a identificação de seus principais motivadores;
  • Planejamento de experimentos;
  • Ferramentas de qualidade;
  • Gerenciamento de dados;
  • Estatística básica, como0 elaboração de estudos detalhados e aplicação de testes de hipóteses.

Sem falar que, com o Minitab, outras ferramentas utilizadas no Lean 6 Sigma podem ser aplicadas. Como por exemplo, o Diagrama de Pareto e Ishikawa, Boxplot, Cartas de controle e muitas outras.

Quer aprender mais sobre o Minitab? Acesse o site e inscreva-se em nosso curso Análise de Dados com software Minitab!