O Green Belt é a certificação intermediária do Lean 6 Sigma, que abrange conceitos do Lean e do 6 Sigma. Com a fusão desses dois métodos, o Green Belt torna-se uma das certificações mais eficientes na otimização de processos.

Com ela, você se tornará capaz de analisar dados de forma extremamente avançada. Consequentemente, você estará apto para usar essas análises para gerar resultados em sua organização. Confira todas as habilidades desenvolvidas com essa certificação!

Analisar e utilizar dados corretamente

Coletar e analisar dados é o primeiro passo para a implementação de mudanças realmente efetivas. Ao conhecer o estado atual da empresa, é possível identificar pontos de melhoria e, a partir daí, definir as diretrizes dos projetos.

Um Green Belt deve saber como utilizar as ferramentas disponíveis de maneira lógica e analítica. Isso a fim de alcançar sempre os melhores resultados.

Criar e desenvolver soluções

Após interpretar as informações obtidas, o Green Belt deve perceber quais elementos exigem melhorias. Logo, ele se empenha em elaborar soluções que contemplem essas mudanças. Para desenvolver um projeto inovador, bem estruturado e organizado, é necessário encontrar o equilíbrio entre pensamento criativo e raciocínio lógico.

Buscar a melhoria contínua

Green Belts de sucesso possuem paixão pela melhoria, estão sempre questionando os processos atuais e procuram sempre evoluir. Eles sabem como conduzir essas mudanças e, por isso, fazem a diferença na empresa.

Graças a essa busca constante pela evolução, esse profissional não hesita na aplicação de testes. Isso para conhecer o potencial impacto do projeto e identificar as possíveis falhas. Assim, consegue garantir o bom investimento do tempo, dinheiro e mão de obra.

Ter a iniciativa de implementar mudanças

O papel do Green Belt não se limita a traçar projetos de melhoria, pois também é responsável por colocá-las em prática. Por se tratar de um profissional cheio de iniciativa, não exige muita supervisão, otimizando o tempo dos seus superiores.

Além de sua proatividade, também se destaca por sua organização do tempo. Afinal, ele também possui suas atividades regulares e sabe coordená-las adequadamente aos projetos Lean 6 Sigma.

Saber lidar com pessoas e equipes

Implementar mudanças em uma estrutura organizacional não é um processo fácil. Muitas vezes, se encontra uma forte resistência por parte dos colaboradores. Sendo assim, a habilidade interpessoal é indispensável para motivar e engajar a equipe.

Como líder do projeto, não basta atribuir tarefas, gerenciar o tempo e monitorar os resultados. Também é essencial compreender o fator humano, explorando os pontos fortes de cada um. Além disso,  é preciso saber ouvir, resolver conflitos e se comunicar de forma clara.

Você não precisa necessariamente ter cada uma dessas habilidades. Isso porque, com um bom curso, você vai aprender a desenvolvê-las e aplicá-las. Quer investir na sua carreira e se tornar um Green Belt? Acesse o site e entre em contato para inscrever-se em nossa certificação.