Quando o assunto é alcançar um objetivo com organização e efetividade, o DMADV e Smart Goals podem ser excelentes alternativas. Tanto a metodologia como o conceito possuem equivalências que buscam a melhoria contínua com o máximo de eficiência. Conheça qual a conexão entre os dois no post de hoje.

DMADV e Smart Goals: o que são?

O DMADV consiste em uma metodologia do Design for Lean Six Sigma que auxilia no desenvolvimento de novos produtos. Também pode ser usada para criar novos processos ou serviços. Para tanto, determina algumas diretrizes e requisitos, que são estabelecidos pelos clientes.

Smart Gols, por sua vez, é o conceito de que ter um objetivo não é suficiente. Segundo ele, é preciso que as metas contemplem algumas premissas específicas. Estas consistem em 5 princípios: specific, measurable, attainable, realistic e timely

DMADV e Smart Goals: qual a conexão?

Para você entender melhor como a metodologia pode ser complementada com o conceito, separamos cada um por suas etapas. 

Confira a seguir qual é a conexão entre DMADV e Smart Goals:

Specific (SMART) / Define (DMADV)  

No SMART, o Specific considera que um objetivo específico é mais provável de ser realizado do que objetivos comuns. Por isso, estabelece que seis perguntas devem ser respondidas para definir um objetivo específico. 

Estas perguntas envolvem quem está envolvido, o que se busca alcançar, em que local e dentro de qual prazo. Assim como quais devem ser os requisitos e restrições e quais propósitos e benefícios de se atingir o objetivo.

Já o DMADV, em sua primeira etapa (Define), busca estabelecer qual produto, processo ou serviço será desenvolvido. Para tanto, busca justificar a necessidade da criação deste projeto, respondendo a perguntas similares ao Specific do SMART. Como por exemplo qual a meta pretendida, quais os ganhos do projeto e qual equipe irá desenvolvê-lo.

Measurable (SMART) / Measure (DMADV)  

No SMART, o Measurable determina alguns critérios sólidos para descobrir se há como medir o progresso no caminho que leva ao objetivo estabelecido. Muito parecido com algumas etapas de certas metodologias do Lean Six Sigma, como o DMADV, não é mesmo?

Falando em DMADV, em sua etapa Measure (até os nomes dessas etapas são parecidos nas duas metodologias), o objetivo é criar características críticas que ajudem a mensurar a qualidade do produto.

Attainable (SMART) / Analyze (DMADV) 

No SMART, a etapa Attainable consiste em descobrir se o objetivo é capaz de ser alcançado. Este conceito prega que estabelecer objetivos é tão importante quanto descobrir formas de alcançá-los. Só assim é possível identificar as oportunidades existentes para chegar mais perto do objetivo.

Já o DMADV em sua etapa Analyze, escolhe entre as oportunidades identificadas, a que serve melhor para atender ao objetivo do projeto. Isso, é claro, sem descartar totalmente as outras alternativas, que podem ser úteis no futuro.

Realistic (SMART) / Design (DMADV)

Em SMART, Realistic é a etapa em que se observa a viabilidade do projeto, sem fugir da realidade. Seu principal princípio é de que um objetivo precisa ser inovador, sem deixar de ser realista.

No DMADV, a etapa Design é onde as ideias são de fato aplicadas e desenvolvidas. Mas também é o momento que  se analisa como os recursos financeiros serão utilizados para a produção, fornecimento e marketing. Ou seja, o quão realista o projeto pode ser do ponto de vista financeiro.

Timely (SMART) / Verify (DMADV)

Em sua última etapa, o SMART busca saber se o projeto foi realizado dentro do tempo estabelecido na primeira fase. Busca verificar se o cronograma foi seguido e demonstrou pontualidade.

O DMADV, por sua vez, está na etapa de validação dos testes feitos na fase anterior e acertar os detalhes para seu lançamento. Mas também é no Verify que observa-se as características do projeto, incluindo se ele foi concluído dentro do período estipulado.

A observação destes detalhes faz parte da constante avaliação do desempenho dos projetos e a busca pela melhoria contínua.

DMADV e Smart Goals: duas metodologias, um só objetivo

Como você pode ver, existe uma forte conexão entre o DMADV e Smart Goals. Os dois possuem etapas com objetivos equivalentes e um pode reforçar o outro.

As duas metodologias buscam alcançar um objetivo utilizando uma filosofia de organização e técnicas inteligentes. Além disso, ambas contribuem de forma prática para a melhoria contínua e a busca pela qualidade.

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o tema, deixe sua pergunta nos comentários que iremos esclarecê-la para você.